Por que não duplicar esforços para chamar a atenção de pessoas que já demonstraram interesse em seus produtos e serviços?

Essa é a proposta do remarketing, que faz anúncios estratégicos para pessoas que tiveram contato com a empresa, visitaram o site ou buscaram por informações relacionadas aos serviços oferecidos.

Além de direcionar melhor os investimentos em publicidade paga, essa estratégia tem o objetivo de marcar presença até que o lead decida, finalmente, fechar a compra.

Saiba como essa técnica vai ajudar a sua empresa a aumentar a conversão de leads e vendas. Vamos lá!

Por que utilizar estratégias de remarketing?

Se você já utiliza alguma estratégia de marketing digital, sabe que até o momento de decisão existem diversas etapas que são percorridas pelo comprador. Assim, quase ninguém que acessa um site pela primeira vez fará, de cara, uma compra.

Por isso, se manter relevante e presente durante todo o processo de conhecimento, consideração e decisão do seu potencial cliente é indispensável para disputar espaço com os outros concorrentes.

Assim, adotar o remarketing é uma forma de garantir que você será uma forte opção para aquela pessoa que busca o seu produto ou serviço.

remarketing-como-essa-estrategia-pode-ajudar-minha-empresa-na-conversao-de-leads.jpg

remarketing-como-essa-estrategia-pode-ajudar-minha-empresa-na-conversao-de-leads.jpg

Leia também: http://nicolella.com.br/remarketing-dicas-para-aplicar/

Como o remarketing funciona?

A ferramenta mais reconhecida para fazer remarketing é o Google Adwords e o Facebook Ads. A forma de aderir a esses recursos é por meio da publicidade paga.

Os usuários que clicam em anúncios, pesquisam determinadas palavras-chaves e visitam sites são rastreados através de cookies.

Além disso, há diferentes estratégias que serão definidas de acordo com o orçamento disponível, perfil da empresa e do cliente, entre outras informações. O tempo de duração do remarketing, por exemplo, pode variar bastante, mas um período de 30 dias é considerado um padrão estratégico aceitável.

Quais são os tipos de remarketing?

A estratégia de remarketing pode ser classificada em dois tipos: os anúncios que aparecem nos motores de busca e os que aparecem em sites parceiros do Google.

No primeiro caso, as propagandas surgem nos resultados de busca de termos específicos que são pré-definidos. Assim, requer uma ação do usuário e muitas vezes é pré-requisito para o modo display, que são os anúncios em sites de parceiros.

Já quando se trata de uma estratégia que utiliza exclusivamente os anúncios em site, as propagandas não necessariamente serão exibidas para pessoas que já tiveram algum contato com a empresa.

Quando combinadas, as ações e informações geradas nos motores de busca servirão para exibir para o usuário os anúncios relacionados à busca em diversos espaços e momentos diferentes durante algum período.

Como implementar a estratégia de remarketing?

Para criar campanhas de remarketing é necessário ter uma conta no Google Adwords pré-configurada e seguir alguns passos.

Gerencie o público-alvo e define a origem dos dados que seja coletar. Essas definições serão utilizadas para criar as listas de remarketing. Determinadas as condições e parâmetros, conclua o gerenciamento.

É interessante ressaltar que, para obter sucesso com esse tipo de estratégia, você deverá ter, pelo menos, um plano básico de marketing. Desse modo, saberá como direcionar a sua campanha, qual persona deseja atingir, quais palavras-chaves priorizar e como integrar esse recurso às outras estratégias.

Nesse artigo você entendeu a importância do remarketing e como essa estratégia funciona. Agora, que tal entrar em contato para saber como nós podemos te ajudar a implementar esse recurso de forma estratégica? Preencha o formulário!